Como posso ajudar quem percebo que não se encontra bem?
O Apoio Psicológico requer o envolvimento e a motivação da pessoa que o procura para que possa ser útil. Por esta razão, a marcação das consultas é necessariamente feita pelo próprio.
Caso se sinta preocupado com uma pessoa que conheça e imagine que essa pessoa poderia beneficiar de Apoio Psicológico, poderá tentar sensibilizá-la nesse sentido. Se sentir essa necessidade, contacte-nos para que possamos apoiá-lo nessa sensibilização.
Poderá igualmente tentar percorrer algumas informações que encontra no menu “Recursos”, como forma de se informar e ajudar a clarificar algumas situações com que possa deparar-se.
Como posso marcar um atendimento?

A marcação de atendimento é feita pelo próprio, através da página contactos .

O apoio psicológico é só para quem está “doente”?

Doença é um conjunto de sinais e sintomas específicos que afetam um ser vivo, alterando o seu estado normal de saúde. O vocábulo é de origem latina, em que “dolentia” significa “dor, padecimento”. Neste sentido geral, em que doença é a falência ou ausência de saúde (física e/ou mental e/ou social) implicando sofrimento, a resposta à questão é SIM.
Mas a resposta também é NÃO, pois o apoio psicológico não se destina APENAS a quem está “doente”, mas destina-se TAMBÉM a quem sinta necessidade de refletir sobre e melhorar a sua saúde mental e qualidade de vida, e essa pessoa não está necessariamente “doente”. Pesquise o conceito de “saúde” e de “saúde mental” na OMS, por exemplo.

O que acontecerá na primeira consulta?

Durante a primeira consulta ser-lhe-á pedido que fale dos motivos que o levaram a procurar o GIPE. Estabelecerá em conjunto com o Psicólogo um primeiro ‘ponto de situação’, assim como um primeiro plano de ação/intervenção.   

O que é “apoio psicológico”?

O objetivo do Apoio Psicológico é promover o bem-estar psicológico de todas as pessoas que a ele recorrem. O psicólogo trabalha em conjunto com a pessoa que o procura, apoiando-a na construção de formas mais autónomas e satisfatórias de gerir os seus desafios ou dificuldades. Para pedir qualquer informação adicional, por favor contacte o GIPE.

O que é dito na consulta é confidencial?

Sim. A consulta de Apoio Psicológico funciona de acordo com as normas éticas e deontológicas da Psicologia, nomeadamente no que diz respeito à privacidade e confidencialidade.

O que é uma perturbação mental?

Todas as formas de sofrimento pessoal podem traduzir um problema a necessitar de avaliação e tratamento. Os problemas de saúde mental podem incluir alterações do pensamento, do humor, da energia e/ou do comportamento, traduzindo-se em sinais e sintomas. Quando adquirem intensidade elevada ou persistem no tempo, aliadas ao sofrimento e/ou disfunção, podem ser diagnosticadas como uma perturbação mental. Nestas incluem-se, entre outras, as perturbações de ansiedade, do humor (depressão, perturbação bipolar), perturbação obsessivo-compulsiva, as psicoses, a esquizofrenia.